24 de julho de 2011

Doce de Tomate

Os tomates vindos do quintal do meu multiplicam-se pela cozinha, entre saladas, sopas e reserva de polpa de tomate no congelador, não podia faltar o Doce de Tomate!! Há algum tempo que queria experimentar usar a máquina de fazer pão para fazer doce, mas com algum receio que não ficasse totalmente do meu agrado e como os tomates são muitos fiz também do modo tradicional no tacho.
Este é o aspecto do doce de tomate feito na MFP, sinceramente não fiquei fã com a experiência. Ficou o tomate muito moído e o doce com textura muito líquida. Ficou bom, mas não com a consistência que eu pessoalmente gosto. O programa de doce deveria ter pelo menos mais uma hora para ganhar mais ponto.
Como experiência foi bom para saber como fica na MFP, talvez ajustando as quantidades de fruta/açúcar consiga obter maior consistência. Só é pena a máquina triturar em demasia o tomate.
E aqui está o aspecto final do Doce de Tomate tradicional feito no tacho, ficou com tom mais escuro porque na sua confecção usei açúcar mascavado escuro, penso que também dá um outro gosto ao doce. A consistência ficou bem mais do meu agrado com os pedaços do tomate bem grandes como eu gosto.
As duas versões do mesmo doce, apesar das diferenças as duas são devoradas sem hesitação.

4 comentários:

  1. TAMBÉM JÁ FIZ DOCE NA MFP E NÃO GOSTEI MUITO GOSTO MAIS DA MANEIRA TRADICIONAL.
    E NOS TEUS NOTA-SE BEM A DIFERENÇA .
    BOA SEMANA BJS

    ResponderEliminar
  2. É um doce que adoro. Quando fazia na MFP fazia sempre o programa de doces 2 vezes para ficar como eu queria :) bjinho

    ResponderEliminar
  3. Adoramos doce de tomate!!!
    Também já experimentei, em tempos, fazer doce na MFP, mas não fiquei convencida!!! Nada como a velha panela ao lume e paciência *_*
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Da horta do meu pai vem mais do mesmo: tomatinho do bom!! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela visita ao Paraíso, retribuirei assim que puder.

Até breve!