3 de setembro de 2016

Óculos aos 3 anos

A dúvida que surgiu na consulta de rotina dos 3 anos veio a confirmar-se agora, após consulta no oftalmologista. A nossa princesa via mesmo mal e nós nunca notamos essa dificuldade!
A consulta no oftalmologista correu muito bem, portou-se muito bem e sempre muito colaborante com tudo. O médico também teve uma paciência e uma dedicação muito grande, muito querido.  Infelizmente, nesta primeira consulta não foi possível avaliar com precisão o grau de astigmatismo, então teve que colocar umas gotas durante 5 dias (para ajudar a dilatar a pupila) e voltar lá novamente.
As gotas não foram bem aceites; não deixava pôr de maneira nenhuma, mal se apercebia fechava os olhos e quando a apanhava distraída e conseguia colocar era uma choradeira! Um drama... até que descobri a solução! Assim que ela adormecia à noite conseguia colocar sem problema nenhum, nem sequer se apercebia.
Voltamos à consulta e confirmamos a necessidade de usar óculos e com uma graduação bastante elevada +2.25, tem astigmatismo no olho direito apenas.
 
O passo seguinte foi ir à óptica escolher a armação, ela disse logo que queria uns cor-de-rosa, mas depois acabou por gostar destes, e nós também! Ainda demorou alguns dias a ficarem prontos pois a lente era especial, mas mal começou a usá-los nunca mais tirou. Adaptou-se muito bem, e nota-se agora como realmente via mal. Aconselho a todos os pais a fazerem o rastreio a partir dos 3 anos, quanto mais cedo puder ser corrigido melhor. Nem sempre as crianças colaboram mas com paciência tudo se resolve.
 

17 de agosto de 2016

A primeira aula

Quando liguei a fazer a marcação da primeira aula a preocupação do professor era "será que a menina vai aguentar uma hora de aula?" e a minha era "acho que uma hora não vai chegar!", a verdade é que ela adorou e tal como eu suspeitava, não queria que a aula acabasse!!
A primeira aula correu muito bem, melhor do que imaginamos, foi muito cuidadosa com o pónei e tratou-a muito bem, antes e depois da aula que é composta primeiro pela preparação do cavalo para a aula e depois a sua limpeza e colocação de volta no estábulo.
Um ritual de aprendizagem e de cuidado para com o cavalo, neste caso um pónei.
Primeiro escovou bem a crina do pónei à frente e atrás, e depois a colocação da sela e do capacete (tão fofo!), e começou a aula.
No  final da aula ajudou a lavar o pónei, a limpar bem os cascos e o dorso, deu-lhe de beber, e foi colocá-lo de volta no estábulo onde já tinha a sua ração à espera, um docinho!
Divertiu-se imenso e desde este dia que não pára de falar nos cavalos e a pedir para voltar. Uma manhã muito bem passada!

7 de agosto de 2016

Dias de calor

Finalmente chegaram os dias de calor, e de verão a sério, e só apetece andar de volta da água seja na praia ou no campo. O nosso docinho adora ajudar o avô na horta, mas se a tarefa envolver água ainda melhor!! Assim se têm passado os nossos dias entre a praia e o campo, boas férias e até já!

3 de junho de 2016

Grafity

Adoro passear pelas ruas do Porto e encontrar estas preciosidades!! Bom fim de semana e bons passeios!

31 de maio de 2016

As orquídeas do Paraíso


























Este ano as minhas afilhadas parece que combinaram, as duas ofereceram orquídeas brancas no dia de Ramos pela Páscoa. E qual delas a mais bonita? Adoro as duas, são lindas, e parecem ter gostado da luz das janelas do Paraíso, estão cheias de flores. São plantas que adoram "estar à janela", sem sol excessivo, dão-se muito bem. Quem também adora estar à janela é a minha gata!!!

18 de maio de 2016

Bolinhos de atum {para os dia de preguiça

Estes bolinhos são muito bons e fáceis de fazer, e é uma receita barata o que também é sem dúvida importante. O pimento faz toda a diferença no sabor, fica óptimo. A receita veio deste blogue e por coincidência também fiz numa segunda-feira de preguiça!

ingredientes {3 latas de atum,½ pimento verde cortado aos cubinhos, 1 cebola picada, 60 gr margarina, 3 colheres de sopa de farinha, 100 ml leite, salsa picada, sal e pimenta qb, farinha-ovo batido-pão ralado para panar, óleo para fritar}

Num tacho colocar a margarina a derreter e juntar a cebola para alourar, quando estiver macia acrescentar o pimento verde e deixar cozinhar um pouco.
Adicionar o atum, previamente escorrido, com a salsa picada e envolver bem.
Acrescentar a farinha, e sempre a mexer adicionar o leite aos poucos até dissolver por completo a farinha.
Temperar com sal e pimenta, e deixar engrossar até se despegar do fundo. Retirar do lume e deixar arrefecer alguns minutos.
Com as mãos formar pequenas bolas, passar por farinha, depois pelo ovo batido e por fim no pão ralado.
Fritar em óleo quente até ficarem douradas.

14 de maio de 2016

Hidroginástica

Esta semana finalmente regressei à hidroginástica, após quatro anos (quando a princesa estava prestes a nascer), e já andava há muito tempo a querer voltar, principalmente pela postura e pelas costas que faz tão bem! E já que a chuva veio para ficar, a água é o melhor sítio para estar e relaxar. Bom fim de semana!