20 de novembro de 2018

Bolo mousse de castanha e chocolate {s/ farinha e açúcar}

Há muito tempo que tinha em casa um lata de pasta de castanha que me foi oferecida, de castanhas portuguesas de Trás-os-Montes! Eu adoro castanhas, e nunca tinha visto pasta de castanha assim pronta a usar, um verdadeiro tesouro que guardei para uma receita especial!
E eis que chegou a inspiração em forma de um bolo mousse, sem farinha nem açúcar, uma delícia!
No dia em que fiz o bolo e o provei achei que o sabor do chocolate se sobrepunha ao da castanha, e fiquei um pouco desconsolada… mas no dia a seguir o sabor da castanha abriu completamente, ficou muito bom! Por isso um conselho, esperem algumas horas (se conseguirem) para saborear esta maravilha!
A pasta de castanha é esta, uma iguaria que dá vontade de comer à colher.
Aqui fica a receita:

ingredientes {5 ovos, 500 gr de pasta de castanha, 100 gr de manteiga com sal, 100 gr de chocolate negro, sal qb}

Começar por pré-aquecer o forno a 180 graus.
Separar as gemas das claras, e bater as claras em castelo com uma pitada de sal até ficarem bem firmes.
Derreter o chocolate com a manteiga e adicionar a pasta de castanha aos poucos, mexendo sempre com a batedeira. Depois adicionam-se as gemas até formar um creme.
Por fim adicionar as claras em castelo e envolver delicadamente sem bater.
Colocar numa forma redonda com o fundo amovível, forrada com papel vegetal no fundo, e untada nas laterais com manteiga e polvilhada com farinha.
Levar ao forno entre 30 a 40 minutos, ir vigiando até o centro do bolo ficar firme.
Desligar o forno e deixar o bolo dentro até arrefecer completamente e só depois pode desenformar.

14 de novembro de 2018

Maçã assada

Uma receita com as cores e os sabores do Outono que eu tanto adoro! O melhor ambientador que podemos ter em casa é ligar o forno e espalhar pela casa o cheiro da maçã com o açúcar, a canela e o vinho do porto.

Aqui fica a receita:
ingredientes {maçãs, canela em pau e em pó qb, açúcar qb, vinho do porto}

Pré-aquecer o forno a 180 graus.
Começar por lavar bem as maçãs e tirar o caroço.
Colocar numa travessa própria para ir ao forno polvilhar com açúcar e canela em pó.
Regar com um cálice de vinho do porto e colocar 2 ou 3 paus de canela a gosto.
Vai ao forno cerca de 30 minutos.

12 de junho de 2018

Pudim de ovos à antiga da Filipa Gomes

Como já referi diversas vezes não sou fã de pudins mas ao longo dos anos, e por influência do meu marido que A-D-O-R-A, lá me tenho rendido aos encantos deste doce.
Esta receita é da Filipa Gomes, e é daquelas receitas à moda antiga em que as medidas são todas feitas com uma chávena, sem usar a balança. Gosto muito das receitas e da maneira de cozinhar da Filipa Gomes, comecei a ver os programas dela desde o início, vi-a episódios seguidos uns atrás dos outros, quando estive em casa de licença de maternidade quando nasceu a minha filha mais velha.
Este pudim foi feito para o almoço de Páscoa deste ano, aqui fica a receita:

ingredientes {1 chávena de açúcar, ½ chávena de água, 2 chávenas de açúcar branco fino, 2 chávenas de leite gordo, 2 chávenas de ovos (saõ cerca de 8 ovos), 1 limão grande, 1 colher de chá de essência de baunilha.}

Em primeiro lugar faz-se o caramelo, num tachinho junta-se a chávena de água com a ½ chávena de açúcar, e deixa-se ferver em lume médio até atingir o ponto de caramelo.
Ligue o forno a 180 graus e entretanto junte o açúcar fino com a raspa do limão grande; com as pontas dos dedos vá esfarelando as raspas com o açúcar para soltar os aromas. Junte os ovos inteiros e peneirados e envolva sem bater demasiado.
Por fim junte o leite e mexa bem até não sentir os cristais do açúcar, adicione o extrato de baunilha e reserve.
Unte uma forma de pudim com o caramelo já feito e coloque a mistura do pudim dentro.
tape a forma e leve ao forno pré-aquecido dentro de um tabuleiro com água por cerca de 1h a 1h30.
Quando retirar do forno deixe arrefecer completamente e depois coloque no frigorifico, desenformando apenas no momento de servir.



23 de maio de 2018

1 ano de muito amor ♥

Um ano que passou tão rápido mas vivido intensamente com muito amor, um amor que veio preencher ainda mais as nossas vidas e o nosso coração.
Assim cresce todos os dias a Vida no Paraíso, e estamos muito gratos pelas nossas princesas lindas, que são a nossa alegria e razão de viver.

22 de maio de 2018

Lasanha de Salmão Fumado

Adoro salmão fumado, sempre que encontro em promoção não deixo escapar e aqui fica registada mais uma receita a juntar a outras que costumo fazer cá por casa com este ingrediente fantástico. Esta receita serve 2 pessoas.

ingredientes {200 g salmão fumado em fatias, placas de lasanha pronta a ir ao forno ou fresca qb, 40 g de margarina, 1 alho francês, ½ limão, 2 colheres de sopa de farinha, 500 ml leite, noz moscada qb, sal qb, pimenta qb, 100 g queijo ralado, cebolinho para decorar}

Começar por ligar o forno a 200 graus.
Num tacho colocar em lume brando a margarina e adicionar o alho francês cortado em rodelas finas, deixar cozinhar.
Entretanto tempere o salmão com o sumo do limão e pimenta acabada de moer.
Ao alho francês juntar a farinha, mexer muito bem e adicionar aos poucos o leite mexendo sempre até engrossar. No fim tempere com sal, pimenta e noz moscada a gosto.
Numa travessa untada colocar no fundo as placas de lasanha, cobrir com uma camada de molho de alho francês e por cima colocar algumas fatias de salmão. Repetir o processo terminando com uma camada de molho.
Polvilhe com uma generosa camada de queijo ralado e leve ao forno por cerca de 30 minutos.
Bom apetite!

14 de dezembro de 2017

Bolo de Chocolate com avelãs

Um bolo de chocolate de comer e chorar por mais, impossível resistir para quem como eu adora a combinação de chocolate preto e avelãs.
A receita do bolo é a mesma de sempre, apenas adicionei as avelãs à cobertura!

30 de novembro de 2017

Acendalhas Ecológicas

Uma ideia que experimentei e recomendo a todos, aproveitar rolhas usadas para mais tarde usar como acendalhas, em lareiras ou barbecue.
É muito fácil de fazer basta ir juntando as rolhas num frasco de vidro e depois encher com álcool etílico (não convém encher muito o frasco com rolhas porque elas depois absorvem o álcool, incham bastante e precisam de espaço). Tapar bem o frasco e deixar as rolhas no álcool no mínimo um mês.
Funcionam na perfeição, ficam em combustão durante muito tempo, melhor que muitas acendalhas que se compram no supermercado.

19 de outubro de 2017

A melhor marmelada e geleia ♥

Quem tem uma irmã que faz docinhos tão bons tem tudo!!! E eu sou uma privilegiada pois sou sempre a primeira a provar as delícias da Nata dos Doces, como esta marmelada e geleia de marmelo deliciosas!
Se quiserem também podem provar, é só encomendar! Visitem a página e deliciem-se!!!