19 de outubro de 2017

A melhor marmelada e geleia ♥

Quem tem uma irmã que faz docinhos tão bons tem tudo!!! E eu sou uma privilegiada pois sou sempre a primeira a provar as delícias da Nata dos Doces, como esta marmelada e geleia de marmelo deliciosas!
Se quiserem também podem provar, é só encomendar! Visitem a página e deliciem-se!!!

28 de setembro de 2017

a primeira sopa aos 4 meses

Mais uma etapa que começou, aos 4 meses a primeira sopa, o clássico puré de batata e cenoura. Tudo biológico plantado como muito amor e carinho pelo avô.
Como já esperava ao início estranhou bastante, mas ao mesmo tempo havia curiosidade em provar algo diferente e novo. Correu muito bem para primeira vez e tem melhorado de dia para dia.
A irmã também começou com a sopa mas um pouco mais tarde, apenas aos 6 meses, mas desta vez tivemos que antecipar a introdução dos sólidos. Nenhum bebé é igual, mesmo sendo irmãos e esta é a prova disso, a M. com 4 meses já tem o mesmo peso que a irmã tinha aos 8 meses.

31 de agosto de 2017

Figos


Figos biológicos do quintal do meu pai, os melhores figos dos últimos anos, muito bons e do tamanho de maçãs, ENORMES! Adoro figos mas não consigo comer com a pele, tenho que descascá-los sempre, e a minha mãe é igual! Com a pele só mesmo os figos secos, mas estes nunca chegam a essa fase!

21 de agosto de 2017

Tarte merengada de limão


Esta é a versão rápida desta tarte, pois usei massa quebrada já feita. Torna-se bem mais rápido e fica muito bom. Num instante se faz uma bela tarte que é uma sobremesa deliciosa.
É a minha tarte preferida, adoro limão e com o merengue fica fantástico!
Aqui fica a receita:

ingredientes {1 embalagem de massa quebrada (ou 200 gr de bolacha maria + 80 gr de manteiga amolecida); 5 ovos; 3 limões grandes (raspa de 1 limão e sumo dos 3); 1 lata de leite condensado; 150 gr de açúcar;

Pré-aquecer o forno a 220 graus e começar por forrar uma forma de tarte de fundo amovível com a massa quebrada (ou juntar a bolacha moída com a manteiga amolecida e forrar o fundo da forma).
Separe as gemas das claras; reserve as claras e bata as gemas com o leite condensado; entretanto junte a esta mistura a raspa de um limão e o sumo dos 3.
Quando tudo estiver bem envolvido coloque sobre a massa quebrada (ou da base de bolacha) e leve ao forno entre 10 a 15 minutos.
Aproveite agora para bater as claras em castelo bem firme, junte o açúcar e bata novamente até formar o merengue.
Retire a tarte do forno e adicione o merengue às colheradas ou com a ajuda de um bico de pasteleiro fazendo picos a toda à volta.
Baixe a temperatura do forno para os 160 graus e leve a tarte novamente ao forno até que o merengue fique dourado.

14 de agosto de 2017

♥ ♥ ♥ três meses

Três meses que passaram a voar, tão rápido mas tão bom!! A nossa mais nova é uma menina muito calma, muito doce, muito grande e pesada (6,350kg) que só come e dorme (literalmente) e a prova disso é o percentil 85 que não engana ninguém!! O leitinho da mamã continua muito bom ou ainda melhor e também ajuda, como diz a pediatra "a mamã tem leite condensado"! Já dorme noites inteiras entre 9h a 10h, e durante o dia ainda dorme muito também. É muito simpática, ri-se muito para toda a gente, já dá gargalhadas sonoras (adoro) e já palra! É muito sociável, e vai connosco para todo o lado sem problema.
Adoooora a irmã, tenho a certeza que vão ser as melhores amigas, mal ouve a voz da irmã desfaz-se a rir, segue-a com o olhar o tempo todo e se pudesse agarrava-a e metia-a na boca que é o que ela adora fazer com tudo neste momento!

10 de agosto de 2017

Tarte Banoffee

Esta combinação de sabores é muito apreciada cá em casa, normalmente faço estas taças mas desta vez decidi fazer a tarte e foi um sucesso!!
Ficamos fãs, acho que os sabores ficam ainda mais concentrados na tarte, fica totalmente diferente das taças apesar de ter os mesmos ingredientes, e tem a vantagem de dar muito menos trabalho!
Para a base é necessário 2 pacotes de bolacha maria picada e 200 gr de manteiga amolecida, misturar bem e forrar uma forma de tarte com fundo amovível e levar ao frigorífico por meia hora.
Cortar 2 ou 3 bananas maduras (depende do tamanho) às rodelas e colocar por cima da base de bolacha; de seguida cobrir com uma lata de leite condensado cozido e levar ao frigorifico enquanto se batem 200 ml de natas com 2 a 3 colheres de sopa de açúcar conforme o gosto pessoal e umas gotinhas de limão.
Colocar o chantilly por cima e levar ao frigorífico para estar fresquinha quando provar!
Polvilhei com cacau em pó em cima no momento de servir!

14 de julho de 2017

Pudim de São João

Dei este nome ao pudim porque foi feito pela primeira vez no São João e porque tem como ingrediente o vinho do Porto. Também se poderia chamar pudim da caneca pois todos os ingredientes são medidos com uma caneca, adoro estas receitas. Como já tinha dito aqui no blogue não sou fã de pudins, mas todos cá em casa adoraram!!!
Aqui fica a receita:

ingredientes {1 caneca cheia de ovos inteiros, 1 caneca de açúcar, 1 caneca de leite, 200 ml de natas, 3 colheres de sopa de vinho do Porto, raspas de um limão, caramelo para untar a forma}

Colocar os ovos e o açúcar numa taça e bater. Juntar as natas e as raspas de limão e continue a mexer. Por fim adicionar o leite e o vinho Porto e incorpore muito bem.
Colocar o preparado numa forma previamente untada com caramelo e levar a cozer em banho-maria com o lume brando por cerca de 30 a 40 minutos.

11 de julho de 2017

2 meses de felicidade e muito amor ♥







Sim é verdade, já passaram 2 meses desde que nasceu o nosso docinho pequenino! Um dia muito especial, único e inesquecível em que passamos a ser 4 no Paraíso!
A nossa baby M. é um docinho muito tranquila, têm sido dias (e noites) muito ocupados daí a ausência prolongada mas prometemos continuar a partilhar a vida que cresce no Paraíso, de completa felicidade e amor ♥
© photos by Filomena Ferreira