6 de fevereiro de 2014

Brócolo roxo

Achei estes brócolos tãooo lindos, não acham? Adorei a cor e a textura, estive tentada a pô-los numa jarra de tão lindos que são! Mais uma novidade vinda do quintal do meu pai que todas as semanas nos dá estes miminhos bons, muitos vegetais deliciosos para nós e em especial para o nosso docinho que já se vai habituando a tudo e adora! Entre outras coisas, o avô tem: cenoura (uma novidade recente que cultivou o ano passado de propósito só para a sopinha da neta), feijão verde, alho francês, couve-flor, repolho, nabo, brócolo, couve-de-bruxelas, salsa, cebola, courgette, batata, alface, grelos, espinafres, penca, kiwi, maracujá (ultimamente andam desaparecidos), limão, physalis, feijoa, morango, pera-meloa, maçã, tomate, pepino, pimento, e muitas, muitas outras coisas, cada uma na sua devida época, claro!! Obrigado ao melhor avô (e pai) do mundo!!
PS- O avô anda ansioso que chegue o bom tempo para o docinho ir para o quintal "ajudá-lo"! :)

8 comentários:

  1. Pois eu não pensaria duas vezes, punha mesmo numa jarra.
    Bjs,
    MJ

    ResponderEliminar
  2. Tenho que ver se arranjo uns! Lindos e já estou a imaginar um sem numero de receitas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eva!
      Sim são lindos e deliciosos, apenas têm uma particularidade, depois de cozidos ficam verdes e a cor roxa passa para a água da cozedura. Uma pena!
      Já fui espreitar o seu blogue que não conhecia e adorei!
      Obrigado pela visita ao Paraíso, volte sempre.
      Beijinhos do Paraíso *-*

      Eliminar
    2. Olá,
      Usa-se essa água para fazer um caldo. Nada se deita fora :-)
      Obrigada pela visita.
      Ah e adoro o Porto! O marido é daí e gosto muito da cidade.

      Eliminar
    3. Sim, de acordo, mas é pena a cor não chegar até ao prato nos brócolos!
      Beijinhos.

      Eliminar
  3. Tão lindo! E tudo o que contas é tão bom. Os legumes vindos da horta, o pimpolho quase pronto para ajudar o avô, a alegria que tudo isto traz e a cozinha sempre a espalhar carinho nas famílias. :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana, obrigado pela visita e pelo carinho das tuas palavras.
      A cozinha é mesmo assim, amor, família, saudade, memórias de infância, toda uma vida de sabores que espero transmitir para a minha filha.
      Beijinhos do Paraíso *-*

      Eliminar

Muito obrigada pela visita ao Paraíso, retribuirei assim que puder.

Até breve!