25 de agosto de 2011

Bacalhau à Gomes de Sá - a receita original

Esta é a verdadeira receita de bacalhau à Gomes de Sá, tal como a criou o seu inventor José Luís Gomes de Sá, gastrónomo e comerciante de bacalhau no Porto do século XIX. Com as recentes nomeações para as 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa tenho vindo a aprender algumas coisas. Uma coisa que descobri é que até agora fazia este prato mal, pois não levava ao forno. Sempre foi assim feito em casa dos meus pais, familiares e até amigos e chamado de à Gomes de Sá mas faltava este pequeno toque final que faz realmente toda a diferença! Vou ter que arranjar outro nome para aquele bacalhau que fazia erradamente.
A receita original, ou pelo menos assim o diz, tirei daqui mas pode ser vista em várias versões pela internet.

9 comentários:

  1. Também não sabia que Bacalhau à Gomes de Sá era um prato de forno. Em casa da minha mãe também sempre se fez sem ir ao forno. Assim parece-me muito bem. Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. não há dieta nesse "Paraíso" ... tudo com um óptimo aspecto!!! bjnhs

    ResponderEliminar
  3. Tá giro! Esta semana tirei bacalhau para descongelar e pergunto ao meu marido "Gostas de Bacalhau à Gomes de Sá?" ele disse que nunca tinha comido e eu tento recordar a forma como a minha mãe o faz e não chego a conclusão nenhuma!! Acabei por fazer Bacalhau à Brás!
    Agora que colocas este post vou já ver a receita. Obrigada.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Afinal não era a única a desconhecer este segredo.
    Beijinhos a todas, bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  5. que belo bacalhau, é um dos meus favoritos e tb dos mais saudáveis. Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. ë um dos meus preferidos, e sempre faco ao forno também, ver sua foto me deu muita vontade e saudades.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Que aspecto delicioso!! Fiquei com vontade de almoçar. :) Bjs

    ResponderEliminar
  8. Pois eu sempre conheci o bacalhau á gomes de sá a ir ao forno.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela visita ao Paraíso, retribuirei assim que puder.

Até breve!